Overblog
Seguir este blog
Edit post Administration Create my blog
10 abril 2015 5 10 /04 /abril /2015 18:27

Tityus serrulatus. Its venom can cause severe illness (including pancreatitis), and in the young, old and infirm even death.

 

Los alacranes (escorpiones) Tityus forman parte de un gran género (una parentela) caracterizada por colas gruesas (familia Buthidae). A partir de junio de 2012, Tityus comprende más de 200 especies descritas y distribuidas en América Central y América del Sur, desde Costa Rica hasta Argentina.

El género Tityus contiene varios escorpiones peligrosamente venenosos, el más conocido de los cuales es el escorpión amarillo de Brasil, Tityus serrulatus. Su veneno puede causar enfermedad grave (incluyendo pancreatitis), y en niños, ancianos y enfermos, incluso la muerte.

.

T. serrulatus with young

 

Tityus discrepans.jpg

 

http://en.wikipedia.org/wiki/Tityus_%28genus%29

 

Tityus is a large genus of thick-tailed scorpions (family Buthidae), the namesake of its subfamily Tityinae. As of June 2012,[1] Tityus contains more than 200 described species distributed in Central America and South America, from Costa Rica to Argentina.[2]

The genus contains several dangerously venomous scorpions, the best known of which is the Brazilian yellow scorpion, T. serrulatus. Its venom can cause severe illness (including pancreatitis), and in the young, old and infirm even death.[3]

 

http://en.wikipedia.org/wiki/Tityus_%28genus%29

 

img4610e38676b14.jpg

Em muitas regiões e redondezas de União da Vitória vêm sendo registrados focos de escorpiões. A origem destes animais remonta centenas de milhões de anos atrás, sobrevivendo a todo tipo de mudança do planeta, sendo presente tanto na era dos dinossauros e no surgimento do homem na face da Terra. Portanto, tal grupo apresenta alta capacidade de adaptação em diversos ambientes, inclusive desertos e regiões urbanas.
          Existem centenas de espécies de escorpiões, mas para nós em particular só interessa, por enquanto, o Tityus serrulatus, conhecido como escorpião amarelo, por ser mais comum em casos de acidentes urbanos graves registrados não apenas no Paraná e Santa Catarina, mas também na Bahia, Minas Gerais, São Paulo, Espírito Santo, Rio de Janeiro e Goiás.

http://www.fafiuv.br/detalhe.php?ler=234

http://www.fafiuv.br/detalhe.php?ler=234

.

http://www2.ibb.unesp.br/Museu_Escola/2_qualidade_vida_humana/Animais_domesticos_sinatropicos/escorpiao/sinais_sintomas.htm

 

Tityus serrulatus

 

 

.

LA PARENTELA DE LOS ALACRANES TYTYUS COMPRENDE MÁS DE 200 ESPECIES

 

Nome Científico:Tityus bahiensis

Nome Popular: Escorpião-marrom

Tamanho: 5 a 7 centímetros

Aparência: marrom avermelhado

Distribuição geográfica: regiões Sul e Sudeste, sul de Minas Gerais

Reprodução: sexuada

.

 

 

Tityus stigmurus

http://www2.ibb.unesp.br/Museu_Escola/2_qualidade_vida_humana/Animais_domesticos_sinatropicos/escorpiao/interesse_medico_biologia.htm

 

.

 

Nome Científico: Tityus cambridgei

Nome popular: escorpião preto

Tamanho: 8 a 10 centímetros

Aparência:  de cor castanho escuro avermelhado, com alguns pontos mais claros;

Distribuição geográfica: região amazônica

Reprodução: sexuada

 

 

 

External links

Comunicado à população: Presença de Escorpiões no Município de São Paulo - Dezembro de 2014

Tityus serrulatus - Wikipedia, the free encyclopedia

en.wikipedia.org/wiki/Tityus_serrulatus

Tityus serrulatus, the Brazilian yellow scorpion, is a species of scorpion belonging to the family Buthidae. It is native to Brazil and its venom is extremely toxic.

.

.

8 abril 2015 - La niña peruana de iniciales J.P. (9) picada por un alacrán en la comunidad de Santa Elena, distrito de Barranca, en la provincia loretana de Marañón, se recupera favorablemente en Lima, a donde fue trasladada. Así lo señalaron representantes del Instituto Nacional de Salud (INS) del Minsa.
Magdalena Amaringo Chanchari, madre de la menor, contó que su hija se está recuperando. “La veo más tranquila, ya quiere comer, hasta quiere volver a su casa”, manifestó.
La pequeña estuvo internada en la UCI del hospital Santa Gema de Yurimaguas antes de su traslado.
Tras la picadura sufrió síntomas como oliguria (bajo nivel de orina), taquiarritmia, dolor generalizado, fiebre y exceso de saliva, por lo que los médicos decidieron un tratamiento para salvarle la vida.

El Dr. Ciro Maguiña, infectólogo del Hospital Cayetano Heredia, dijo que las personas que viven por esas zonas deben tener cuidado con los alacranes grandes y de color marrón oscuro. “No son muy frecuentes pero son los que tienen veneno, se debe usar botas”, señaló el especialista.

El Dr. Ciro Maguiña dice:
HOY CON LA PACIENTE DEL ACCIDENTE DEL TITYUS debido a la mordedura de un alacran peligroso del género Tityus, que fue evacuada desde yurimaguas hoy en emergencia de Pediatria del Hospital N. Cayetano Heredia junto Dr Manuel Díaz, Emergenciólogo. Este caso de esta humilde niña deber ser una enseñanza. El tema de falta de sueros antiponzoñosos, es crónico, a pesar de tener para el jergon y la araña casera, no tenemos muchos sueros, por ello se pueden morir. El colmo es que no tenemos para la mordedura para viuda negra, la araña phoneutria o del platano, la serpiente de colores naca naca y para esta especie de Escorpiones venenosos. Hemos pedido un banco de sueros en todo el Perú y el nuevo Jefe del INS ha ofrecido ello, Ojalá se haga en especial para los humildes habitantes de la Amazonia.
ESTE CASO ANECDOTICO REVELA LA GRAVE CRISIS SANITARIA, POR ELLO LA NUEVA Y VERDADERA REFORMA DE SALUD ES UN TEMA DE AGENDA PENDIENTE!!
Felicitaciones a los medicos de Yurimaguas por salvar esta vida a pesar de no tener el suero.
Dr.Ciro - Medico Tropicalista IMT AvH

O que acontece se for picado por escorpião?

      

 
 

Como é a picada e o efeito da peçonha de escorpião?

 

Picada:  causa uma dor intensa no local com irradiação pelo membro afetado. A sensação é de queimação, agulhada e latejamento. A picada é semelhante ao de uma vespa ou abelha, ficando inchada e avermelhada. Geralmente as picadas ocorrem nos membros superiores, sendo mais da metade delas (65%) nas mãos ou antebraços.  As principais vítimas são as crianças menores de 14 anos.

 

Peçonha: como as toxinas escorpiônicas agem estimulando a liberação de neurotransmissores do sistema nervoso autônomo, observa-se alterações sobrepostas tanto da divisão simpática como parassimpática. A intensidade dos sinais e sintomas do escorpionismo depende da dose de veneno.  Desde que socorrida rapidamente, a maioria das vítimas, recupera-se com o tratamento. A gravidade do envenenamento depende não só da dose como a espécie de escorpião, sendo que o veneno do escorpião amarelo (Tityus serrulatus) é o mais potente na América do Sul e no Brasil.

 

 

Nos acidentes moderados e graves, após de 2 ou 3 horas surgem os seguintes sintomas:

- Alteração da temperatura corporal, suor constante e abundante.

- Náusea, vômito, salivação excessiva, dor abdominal e diarréia.

- arritmia do coração (aumento e redução) e alteração da pressão sanguínea (aumento e diminuição), 

- Alterações respiratórias podendo ocorrer acúmulo de fluidos no pulmão. Essa é a principal causa dos óbitos.

- Agitação, sonolência, confusão mental

Como socorrer uma pessoa picada por escorpião?

  Leia sobre os primeiros socorros no site do Instituto Butantã http://www.butantan.gov.br/primeirossocorros.htm

 

Como os acidentes com escorpiões ocorrem?

 

Os acidentes acontecem quando freqüentemente, as crianças, brincam perto dos refúgios dos escorpiões e, desconhecendo os riscos, resolvem brincar com o animal. Também ocorrem acidentes durante o trabalho quando operários mexem no material de depósito de obras não utilizando a indumentária de proteção adequada (luvas e botas). Às vezes os escorpiões podem entrar nas casas, vindo pela rede de esgoto e se abrigam em sapatos e roupas largadas no chão. Nesse caso, os acidentes ocorrem quando a pessoa vai se vestir ou calçar e acaba prensando o animal, que irá reagir para se defender.

O Brasil registra desde 1988 as ocorrências de acidentes com escorpiões e a cada ano verifica-se um aumento no número de casos. Segundo a Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ) a freqüência de acidentes não é pequena:  em 2006 foram notificados 8.848 casos em Minas Gerais, 6.837 em Pernambuco, 5.995 na Bahia e 4.576 em São Paulo. Só no Rio de Janeiro houve um aumento de 88% de casos entre o período de  2000 e 2004.

Como se prevenir e evitar os acidentes com escorpiões?

 

Os escorpiões são animais noturnos e passam grande parte do seu tempo escondidos da luz, de preferência em locais com abundância de presas (grilos, baratas, cupins, invertebrados em geral). No seu ambiente natural, podem ser encontrados próximos a troncos caídos, em tocas abandonadas, cupinzeiros, embaixo de pedras. Nas áreas urbanas e domiciliares, os escorpiões podem ser encontrados em pilhas de entulho, lixões e rede de água e esgoto, onde proliferam por estarem protegidos de predadores e pela abundância de presas. Evitar esses locais é uma medida de prevenção, assim como, se for necessário, trabalhar nesses locais, devidamente, protegidos.

 

Siga essas orientações práticas da Secretaria de Saúde da prefeitura paulistana:

- Usar luvas de couro para manipular entulho e material de construção.

- Não mexer em lixo ou entulho acumulado.

- Limpar terrenos baldios próximos à sua casa.

- Colocar telas nos ralos, pias e protetores nas portas.

- Evitar acúmulo de lixo.

- Olhar antes de calçar sapatos e botas.

- Evitar a presença de baratas em casa (alimento dos escorpiões).

- Não deixar grama alta ou mato.

- Evitar manipular escorpiões, e quando necessário, usar pinças e material adequado.

- Manter limpos os comedouros e bebedouros de animais.

(http://www6.prefeitura.sp.gov.br/secretarias/saude/vigilancia_saude/ccz/0016)

 

Na zona rural, a presença de galinhas  pode ser uma boa solução de manejo  já que elas se alimentam de escorpiões.

 

 

Para saber mais:

Instituto Butantan (site do Instituto Butantan)

Acidentes com animais peçonhentos (Boletim do Instituto Butantan)

Manual de Diagnóstico e Tratamento de Acidentes por Animais Peçonhentos(Ministério da Saúde e Fundação Nacional de Saúde)

Fundação Osvaldo Cruz

Acidentes por animais peçonhentos: aranhas e escorpiões

Aranhas, escorpiões e lacraias. Material didático do Instituto Butantan

 

Ir para a pagina principal: sinantropia

Ir para os Temas de Biologia do Museu Escola do IB

Compartir este post

Published by Malcolm Allison H malcolm.mallison@gmail.com - en Medicina humana y salud FRONTERAS DE LA BIOLOGÍA Perú: Ensayo y Tragedia
Comenta este artículo

Comentarios

Présenta

  • : cinabrio blog
  • cinabrio blog
  • : Ecología y sostenibilidad socioambiental, énfasis en conservación de ríos y ecosistemas, denuncia de impacto de megaproyectos. Todo esto es indesligable de la política y por ello esta también se observa. Ecology, social and environmental sustainability, emphasis on conservation of rivers and ecosystems, denounces impact of megaprojects. All this is inseparable from politics, for it, the politics is also evaluated.
  • Contacto

Perfil

  • Malcolm Allison H malcolm.mallison@gmail.com
  • Biólogo desde hace más de treinta años, desde la época en que aún los biólogos no eran empleados de los abogados ambientalistas. Actualmente preocupado …alarmado en realidad, por el LESIVO TRATADO DE(DES)INTEGRACIÓN ENERGÉTICA CON BRASIL
  • Biólogo desde hace más de treinta años, desde la época en que aún los biólogos no eran empleados de los abogados ambientalistas. Actualmente preocupado …alarmado en realidad, por el LESIVO TRATADO DE(DES)INTEGRACIÓN ENERGÉTICA CON BRASIL

Recherche

Liens